Drywall é um sistema construtivo a seco que utiliza chapas de gesso acartonado fixadas sobre perfis metálicos de aço galvanizado. A montagem é feita por acoplamento de placas de gesso, sem a necessidade de utilização de argamassa e água. A produção de entulho e o desperdício de material são reduzidos, proporcionando maior organização e limpeza do canteiro, assim como menor tempo de execução da obra.

Conforme especificações, as divisórias podem ser de tipos diferentes, além de possuírem espessuras variadas. Basicamente, há três tipos de chapas, as destinadas a áreas secas, áreas úmidas e chapas resistentes ao fogo. Mesmo com o uso de chapas específicas para áreas úmidas é necessário impermeabilizá-las.

Nesse sistema, é fundamental o correto detalhamento do projeto quanto à finalidade de uso das paredes, como por exemplo, a previsão dos locais onde haverá fixação de bancadas, armários, prateleiras, televisores, entre outros, pois nesses locais é necessária instalação de reforços para sustentação entre os perfis metálicos.

As instalações elétricas e hidráulicas são feitas no interior das paredes, entre as placas de gesso, portanto, não há necessidade de corte e quebra de paredes para embutimentos de tubulações. Muitos dos itens para tais instalações, como caixas de interruptor, fixadores, quadros de distribuição, luvas e conectores devem ser próprios para execução em gesso acartonado. No mercado, algumas empresas já disponibilizam linhas de produtos direcionadas especificamente para uso em drywall.

O sistema de drywall possui muitas vantagens, em suma, sua aplicação visa o melhor aproveitamento do espaço físico (menores espessuras das paredes), construções mais leves (proporcionando economia nas fundações e estruturas), gerar menos resíduos e maior agilidade de execução. Outro ponto positivo é a praticidade de futuras alterações na disposição das divisórias, por exemplo, em caso de reformas e ampliações de cômodos.

A construção em gesso acartonado exige profissionais especializados, o que por muito tempo inviabilizava a escolha de tal sistema construtivo devido ao custo final elevado. Porém, a escassez de mão-de-obra tradicional, (pedreiros, serventes, carpinteiros), tem elevado o preço desses trabalhadores, enquanto que a mão-de-obra em drywall tende a baratear, devido à ampliação do uso desse sistema e da quantidade e operários que tem se qualificado para esse serviço. Atualmente, em alguns casos, é possível conseguir preços de custo muito próximos entre o sistema convencional e o drywall, possibilitando a escolha pelo gesso acartonado em vista da relação custo-benefício.

Leia mais sobre o tema acessando:

http://www.placo.com.br/index.asp

http://www.drywall.org.br/

http://construfacilrj.com/vantagens-do-gesso-acartonado/#.UdQdJvnVDu-

http://www.metalica.com.br/drywall-x-alvenaria-revestida-com-gesso

Anúncios