No início do ano de 2014, a empresa VIAPAR  começou as obras de duplicação da PR-317 e BR-158, trecho de 53 quilômetros de extensão entre Floresta e Campo Mourão. Nesta extensão estão computados nove quilômetros da variante às margens do rio Ivaí e seis quilômetros, em pista dupla, do contorno de Peabiru . Uma obra prevista no contrato de concessão da VIAPAR, orçada inicialmente em R$ 210 milhões.

“Esta é uma reivindicação antiga da população, uma obra que trará mais segurança e agilidade pra quem utiliza o segmento. As máquinas começaram o serviço de limpeza e desmatamento nas proximidades de Ivailândia, distrito de Engenheiro Beltrão, às margens do quilômetro 142, prevendo a escavação de mais de 2.600.000 metros cúbicos de terra”. Afirmou o diretor de engenharia da empresa, Jackson Seleme.

A empresa realiza trabalhos na região desde o ano de 2000, quando iniciou a duplicação do trecho que liga Maringá e Floresta (Finalizado em 2004), abrangendo, posteriormente, para outras obras de duplicação, restauração de vias e construção de passarelas.

Obs.: Confira outras obras aqui: http://www.viapar.com.br/engenharia-realizadas

Também constam no projeto de duplicação a construção de um viaduto em Engenheiro Beltrão, um viaduto de acesso a Terra Boa, 15 retornos em nível e duas pontes novas uma sobre o Rio Ivaí e outra sobre o Rio 119. A previsão inicial é que sejam utilizadas 189.000 toneladas de massa asfáltica, construídos 5.200 metros de bueiros, 92.000 metros de canaletas para escoamento de água, além da instalação de 740 metros quadrados de placas de sinalização.

imagem3

“As equipes executam os serviços de terraplanagem, drenagem, pavimentação e sinalização. São várias frentes de trabalho para que a obra seja concluída ainda em 2015”, afirmou o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), Osmar Lopes.

Cerca de 40% dos serviços já estão concluídos; a previsão para término dos trabalhos é dezembro de 2015. “Os motoristas que trafegam pelo local devem ficar atentos às placas de sinalização, máquinas e operários na pista para evitar acidentes e possíveis transtornos”, ressalta Osmar.

Já existem dois trechos duplicados liberados – um entre o distrito de Ivailândia e Engenheiro Beltrão e outro entre Floresta e a praça de pedágio.

post4

O empresário Danilo Lima, acredita que a duplicação traz desenvolvimento para a região. “A obra traz muitos benefícios. Esse é um corredor importante, que liga grandes cidades. Com a duplicação, empresas poderão se instalar e trazer mais negócios para a região”, afirmou Lima.

post4

tabela post pr certo

_________________________________________________________________

Amanda e Lucas.

Quadro: VIAPAR

Imagens: JorgeWoll

Referências:

http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=82808

http://www.viapar.com.br/sala-noticia/82/iniciada-duplicacao-da-pr-317-entre-floresta-e-campo-mourao

Anúncios