O Programa de Educação Tutorial (PET) vem se desenvolvendo cada vez mais dentro da Universidade Estadual de Maringá (UEM), contando com 15 grupos PET. Com a finalidade de fortalecer politicamente estes grupos e organizar melhores atividades integradoras entre eles, criou-se o UNIPET, a União dos grupos PET da UEM. Dentre as atividades propostas, realizou-se, nos dias 25 e 26 de junho, o PET na Praça.

Na praça de eventos do Shopping Cidade, em Maringá, cada grupo escolheu uma apresentação pertinente à sua área de conhecimento, que tivesse relação com o tema ‘Universidade e Comunidade, uma interação possível’. Diante disso, o grupo PET Civil UEM decidiu trazer como tema a sustentabilidade, dando enfoque à importância dos 5 R’s: Repensar, Reduzir, Reciclar, Reutilizar e Recusar.

Mostrando como é feito, na prática, o reaproveitamento de resíduos urbanos ou de construção civil através da destinação correta dos materiais e também da coleta seletiva, o grupo trouxe como exemplo a reutilização de garrafas PET, madeiras e aço reciclado, borrachas, e também um exemplo de aplicação da cinza do bagaço de cana de açúcar, uma pesquisa desenvolvida pelos professores do departamento de Engenharia Civil da UEM.

A borracha, utilizada para a construção de pavimentos bem como aditivo para a mistura de argamassas, também foi uma ideia proveniente de um professor do nosso departamento, verificando que, adicionada a borracha à argamassa de revestimento,  a mesma proporcionou uma redução considerável do número de trincas, bem como diminuição da capilaridade do material, melhorando a impermeabilidade da parede.
Na pavimentação asfáltica, a borracha melhora o desempenho do asfalto convencional, diminuindo a fadiga, aumentando a vida útil em pelo menos 50%, além de redução da aquaplanagem e o efeito ‘spray’ sob chuvas.

A cinza do bagaço de cana, quando adicionada à mistura em substituição do agregado miúdo (areia), incrivelmente aumentou a resistência do elemento, além de deixar a argamassa mais leve e de promover um destino apropriado a um resíduo gerado pela agroindústria sucroalcooleira.

Além desses materiais, também mostramos a importância da reciclagem de madeira para o aproveitamento em tapumes, montagem de móveis, MDF’s, bem como a importância da reciclagem do aço para a montagem de novos perfis metálicos, já que o aço é um dos materiais que pode ser mais reciclado no mundo, visto que nesse processo não ocorre a perda de suas propriedades originais.

WhatsApp-Image-20160707 (5)


Texto: Lucas.

Anúncios