Em 2022 se realizará a vigésima segunda edição da copa do mundo, tendo como sede o Qatar, primeiro país do oriente médio a sediar um mundial de futebol. Com cerca de 2 milhões de habitantes e elevados indicadores sociais, o país se mostra bem desenvolvido mas sujeito a um clima desértico e a altíssimas temperaturas, fato que inclusive fez com que os jogos fossem realizados no outono do hemisfério norte, entre os meses de novembro e dezembro.

Pelas características climáticas a engenharia encontrou-se perante um grande desafio de climatização nos estádios e como contornar a incidência dos raios solares fortíssimos sobre as arquibancadas e o campo, aplicando tecnologias para resolver esses problemas e inovando em diversas áreas seja nas arenas ou nos hotéis destinados aos torcedores. A sede também se comprometeu em oferecer  uma copa do mundo mais sustentável buscando uma certificação GSAS (Sistema de Avaliação de Sustentabilidade Global) de pelo menos 4 estrelas para  projetos e execução.

Partindo da hospedagem, um problema inicial era acomodar tantos turistas, sem espaço territorial em terra o Qatar buscou a solução na água, desenvolvendo 16 torres de hotéis flutuantes ancorados inicialmente na ilha artificial Qetaifan do Norte, cada um com quatro andares, 72 metros de comprimento e 16 metros de largura, e composto por 101 quartos, um restaurante e um lounge bar, que futuramente poderão ser levados facilmente para qualquer outro lugar onde a profundidade da água seja de pelo menos quatro metros uma vez que o calado deles é menor que o de navios cruzeiros, sendo uma solução sustentável e com duração prevista de 50 anos, além dos hotéis haverá a opção de se acomodar em dois cruzeiros que ficarão atracados durante a realização do mundial adicionando mais quatro mil camas.

Imagem 01: Hotéis flutuantes da Ilha de Qetaifan do Norte

Em relação aos estádios, é importante citar que serão 8 espalhados entre as 7 cidades escolhidas e interligados por uma rede de metrô, parte do plano de transporte sustentável do Qatar também se estende a VEs (veículos elétricos) e ônibus. Scooters e bicicletas elétricas também estarão disponíveis ao ar livre, enquanto isso, uma frota de ônibus elétricos será usada para transportar os fãs entre suas acomodações e os locais da competição, tornando possível assistir dois jogos em cidades diferentes no mesmo dia.

O resfriamento dos estádios será majoritariamente alimentado por energia solar, a arena Education Cityn que apresenta uma fachada geométrica em mosaico que muda de cor conforme o sol atinge sua superfície e fica situada na capital Doha, representa a maior área aberta com temperatura controlada a partir de um combustível limpo na história, possuindo 233 mil metros quadrados, espaço para 45.350 espectadores a temperatura se manterá constantemente abaixo dos 27°C, garantida pelos  grandes tubos de refrigeração e das saídas de ar individuais abaixo dos assentos. Além dessa tecnologia, pelo menos 55% dos materiais usados no projeto vêm de fontes sustentáveis e 28% dos materiais de construção têm conteúdo reciclado, minimizando a pegada de carbono.

Imagem 02: Tubos responsáveis pela refrigeração do Education City

Complementando as estratégias de refrigeração alguns estádios contarão com tetos retráteis, como é o caso do Al Bayt Stadium, em Al Khor, com capacidade de abrigar 60.000 espectadores, com seu design se inspirando-se nas tendas nômades as paredes externas e os telhados pontiagudos de cada um dos cantos ao redor do campo foram cobertos por uma membrana de fibra de vidro tecida de politetrafluoretileno (PTFE), o que cria essa aparência de tenda, e o teto retrátil conecta as quatro arquibancadas quando o estádio é “fechado”, sombreando toda a estrutura e favorecendo o mantimento de uma temperatura favorável. Fora que parte superior da arquibancada tem um design modular portátil, que será removido no decorrer do campeonato, e oferecido a países em desenvolvimento necessitados de infraestrutura para a prática de esportes.

Outra inovação é a construção de estádios desmontáveis como o 974, inspirado pelo comércio marítimo do Catar, o número, além de ser o código internacional telefônico do país corresponde também a quantidade de contêineres de aço reaproveitados usados em sua construção, feitos com assentos removíveis e blocos de construção modulares, projetado para ser totalmente desmontado após o torneio, quando suas peças serão destinadas para novas construções. Outros estádios também serão parcialmente desmontáveis e após a copa serão removidos 50% dos assentos e os espaços se tornaram centros comerciais e de convivência.

Imagem 03:  Estádio 974, Doha, Catar

Acrescentando a lista de inovações vale citar que essa será a primeira Copa em que os torcedores terão interatividade total garantida pelo 5G e pela rede de fibra óptica. O VAR também foi aperfeiçoado com uma tecnologia semi-automatizada para ‘replay’ de jogadas dentro de campo, em tempo real para criar maior transparência e discernimento sobre as jogadas que ocorrem dentro de campo.

REFERÊNCIAS 

Johnson, Dale. “Evento da International Board nesta segunda-feira abriu mais detalhes sobre ‘novo VAR’ da FiFA”. Disponível em: <https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/10507995 /copa-do-mundo-var-semiautomatico-anima-fifa-pode-cravar-impedimento-so-4-segundos>. Acesso em 13 de junho, 2022. 

Martínez,Carlos. “Estádio 974 da Copa do Mundo Qatar 2022: jogos, capacidade, onde é e como chegar“. 24 de março de 2022. Disponivel em:<https://www.goal.com/br/not%C3% ADcia s/estadio-974-da-copa-do-mundo-qatar-2 022-jo gos-capacidade/blt1f5d8f6c103026e3>. Acesso em 13 de junho, 2022

Connolly,James. “Guia de estádios: Copa do Mundo FIFA de 2022, no Catar“. Disponível em: <https://www.hoteis.com/go/catar/catar-guia-estadios>. Acesso em 14 de junho, 2022

 NOGUEIRA, EVELYN. “A arquitetura dos estádios que sediarão a Copa do Catar de 2022”. Disponivel em: <https://revistacasaejardim.globo.co m/Casa-e-Jardim/Arquitetura/noticia/2022 /01/arquitetura-dos-estadios-que-sediarao-copa-do-catar-de-2022.html>. Acesso em 14 de junho, 2022

 Qatar’s Supreme Committee for Delivery & Legacy for FIFA 2022. Disponivel em: https://www.qatar2022.qa/en/home?utm_source=google&utm_medium=midia-social&utm_campaign=haus>. Acesso em 16 de junho, 2022.

Escrito por: Maria Luiza Lippel

Arte da capa por: Maria Fernanda Ganaza